terça-feira, 17 de março de 2009

Os livros que leio

Mudei há pouco tempo dos livros mais infantis para estes um bocadinho mais exigentes. Não são muito muito exigentes mas já são um bocadinho mais.
São vários desta colecção do Gerónimo Stilton e eu estou a gostar muito destas aventuras. Conforme os for lendo vou aqui escrevendo acerca do que se passa em cada um. Do que já li acho que podem comprar para oferecer às crianças que tiverem na família se elas gostarem de ler, claro. Ou então pode ser para ver se elas começam a gostar.

25 comentários:

antonior disse...

Gosto de te ver "devorar" esses livrinhos. Assim se começa para nunca mais parar. Pode ser que um dia sejas tu a escrevê-los para pequenos ou grandes que tão importante é uma coisa como a outra. Só te peço que agora que também te começaste a entusiasmar com o "migalhães" não venhas a dar razão ao Dr. Barreto que diz que o "magalhães" é o maior inimigo da leitura em Portugal. Não há nada que substitua um bom livro e nunca haverá. Um destes dias explico-te porquê com calma.

Beijinhos e diverte-te com o Stilton.

Laura disse...

Olá. Acabei de ligar o pc, como faço todas as manhãs, e...Ora aí está algo lindo e que te vai seguir pela vida fora. Os livros, já nem me lembro de quem foi que escreveu a célebre frase; Os livros são os nossos melhores amigos! E acredita que quem o fez sabia o que dizia!
Ainda guardo na memória trechos inteiros dos livros que o meu pai me comprava,(o segredo da pata real o principe com orelhas de burro,o gato das botas, etc.etc.) com 5 anos, pois foi com essa idade que comecei a soletrar e a escrever umas coisitas, fazer contas (que ainda faço, manualmente, sem ajuda de maquinetas!) e acredita que até das capas me lembro! Tanto gostei da leitura que, cedo comecei a minha biblioteca,já em Luanda. (Angola)Depois fui para a África do Sul, mais livros, e já era dona de um bom património literário... Quando mudei para esta casa, ainda deixei muitos livros encaixotados, muitos mesmo, algumas coleções de que gostava muito, dos nossos escritores o Camilo Castelo Branco, o Julio Dinis, o Eça, e por aí fora! Tinha livros de autores Brasileiros, o Jorge Amado, enfim, não vale a pena dizer mais nada! Um dia houve aqui um temporal, o rio galgou a terra, eu moro a metros do rio, um rio pequeno, mas...uma coisa é certa, as garagens ficaram inundadas até ao tecto e durante dois dias não se pode lá ir. claro que foi tudo para o lixo, e com eles tantas horas de boa leitura! Assim se acabou a vida das minhas obras literárias, muitas quase da minha idade (57 anos). Foi bom enquanto durou. Aprendi muito pelos livros como tu vais aprender também...e o 'Migalhães', ah, que giraço o nome, serve para ajudar nalgumas coisas, mas, nunca substituirá uma boa leitura num bom lugar, fora de casa, debaixo de uma árvore, aqui ou ali, onde te sintas bem!...
Não conhecia essa coleção. Deve ser porque não tenho filhos pequenos e os das minhas amigas já são todos crescidos!...
Um abraço para ti meu querido Joãozinho e acho que em breve já nos poderemos conhecer; finalmente!...
A tia laura..

Eduardo disse...

Olá primo! já me inscrevi no teu blog, falta apenas colocar as fotos. acho que temos tudo para vencer, já sabes nem tudo pode ser como queremos, mas com paciencia e inteligencia vamos lá. beijinhos e vou mostrar ao tomas para ele tb se comunicar contigo!

Sangue é vida que se Dá disse...

Como fico feliz ao saber-te a ler já outros livros , e com interesse por a leitura,de facto como diz a Laura ao sol ou a sombra,debaixo de uma árvore ou não,deitado ou sentado,é como der mais geito,aprende-se muito com a leitura é verdade, mas nunca ninguém pense que o migalhães é impeditivo da leitura ,são diferentes formas de ler,ambas boas é certo , mas,prazer tira-se de um bom bocado de leitura confortavelmente instalado,tu sabes isso não é meu lindo? em pequenina a tia nunca teve livros para ler senão os da escola , e sabes mesmo esses eram emprestados de outros amigalhaços que já não precisavam deles, felizmente que estás a desenvolver o gosto por a leitura ,vou oferecer-te uns livritos brevemente,pois em breve espero ver-te .beijinhos da tia que te adora .

Laura disse...

Olá, aqui está a tia laura de novo... é que gosto de ler o que as tuas tias escrevem...
E a lembrança da tua tia a última depois da bichinho de conta, eu ficava com os livros da escola, do meu mano mais velho, passavam dele para mim, sempre, só o de leitura, o pai comprava novo, sabia que eu gostaria de ter livros e cadernos, ele encapava os meus, e por fora pareciam novinhos em folha..

Ainda recordo que foi o meu querido pai que fez a minha tabuada, escreveu tudo na máquina do escritório onde trabalhava e a capa era tão linda tão linda que nem te digo. sabes de onde a tirou? da tampa de uma caixa de bombons que lhe ofereceram, aquilo tinha umas belas cores e desenhos geométricos e eu, consolada por ter uma tabuada feita por ele, que as colegas da escola tinham todas a mesma tabuada, tudo igual...e apesar de já ser surda, na primeira classe, era a melhor aluna, e na tabuada ninguém me vencia...ganhava sempre o primeiro prémio que a stora oferecia, ou um caderno com desenhos para pintar e uma caixa de lápis de cor, e que feliz ficava...
Ah, que lembranças me trouxeram os livros e os comentários das tuas tias!...
Muitos beijinhos e hoje é dia de dares beijos a mais ao teu papi!... laura.

marialascas disse...

Vou estar muito atenta às tuas leituras. Fico muito contente por gostar de ler. Aprendemos muito com os livros e são nossos companheiros. Beijinhos

Laura disse...

Um beijinho de feliz dia! A Primavera está no ar (aqui o sol brilha e está um calorrrrr, que ia de bom grado tomar banho num lago com os patinhos!) e já sei que por ai ela ainda não chegou de todo, ou seja; anda a afzer gazeta e ficou cá por Braga para alegrar a tia laura das resteas...
Um beijinho na companhia dos teus amiguinhos de 4 patinhas, e dos pais..laura.

Marsupilando disse...

Papi

Pois eu espero nunca mais deixar de gostar de ler. Sabes que é uma coisa que gosto muito de fazer. Qualquer dia vais explicar-me melhor porque é que não há nada que substitua uma boa leitura. Eu agora também gosto muito de brincar como de ler.

Abracinho e beijinho para ti do teu filhote
João

Marsupilando disse...

Laurinha

Eu vou sempre guardar os meus livros para toda a vida e depois dou aos meus filhos.
Eu gosto sempre que venhas aqui visitar-me. Tu é que me visitas mais vezes e eu fico contente por isso.

Aqui a Primavera também já chegou a sério e sabes que no campo a Primavera é mais bonita.

Beijinhos godos do teu sobrinho emprestado
João

Marsupilando disse...

Primo Eduardo

O que eu gostava mesmo era que o Tomás também tivesse um blog trocarmos ideias interessantes e brincadeiras divertidas. E também falávamos dos livros e da nossa vida. Não fazia mal porque eu só venho ao fim de semana por isso não atrapalha a escola.
Eu gostava que o Tomás viesse cá nas férias grandes.

Um beijinho e um abraço para todos

Marsupilando disse...

Tia Rosa

Olá tia Rosa.
Em pequenina nunca tiveste livros não é tia? É uma pena. Ainda bem que eu tenho porque gosto muito e tu também já me deste alguns.
Vais trazer-me mais um quando cá vieres não é? Tu é que disseste.

Muitos beijinhos bons do teu sobrinho que também te adora e tu sabes.

Marsupilando disse...

Maria Lascas

Tu és a tia Zé e eu fiquei contente que viesses aqui ver o meu blog. Os livros também são meus companheiros de sempre e vão ser.

Beijinhos para ti

Laura disse...

CócÓrócócóóóóó, o teu galo cristóvão sempre tava na capoeira? ou é aquele que leva o galináceo todo atrás dele a acantar à desgarrada? Credo, já viste que fidalgo ele é vai, todo com ar janota!...
É bom ter animais para os vermos a viver na natureza, faz parte da vida e pobres dos meninos que não sabem o que é uma casinha com galinhas, gatos, coelhos, patos e por aí fora. Eu nesse aspecto fui uma sortuda, pois os meus avós tinham uma enorme casa de lavoura para os lados de Montalegre (Norte) e até vacas e ovelhas tinham, eu adorei o convivo com as tias e tios, mas os avós nem se fala. era e é um amor como há poucos, os meus avós eram uns queridinhos.eu ia com o avô para os lameiros levar o gado, tinha uma enxada pequenina e tapava a água na poça e desviava-a para outros regos, cavava na terra, aprendi um cadinho de tudo e gosto muito...felizes os meus tempos que passei com eles, porque agora acabou, a casa lá está tão vazia e só vive lá uma tia velhota e raramente lá vou. É a vidinha meu querido Joãozinho. Por isso há que aproveitar todos os momentos que a vida nos dá. Amanhã tornam-se recordações lindas e saudosas.
Parece que ouvi o teu galo cristovão a cantar. enfim, não era ele que estava no meu blogue , ou então já regressou da passeata plo rio...Muitos beijinhos dos nossos, os godos, especiais..abraço-te com carinho. tia laura..

Patixa disse...

Desde bem pequenino que gostavas de folhear os livros que te iam passando pela mão. Aliás, já tens uma bela colecção!
Como diz a Laura, um livro é sempre um amigo! Dá-nos a conhecer novos mundos, novas personagens e nunca nos deixa sozinhos. Onde quer que estejamos um Livro é sempre uma boa companhia!
Mamãe incutiu em nós o gosto que ela também tem pela leitura. Só temos a agradecer! Muito muito! Conta a mãe que eu ainda nem lia e já folheava os livros inventando a minha própria história. Coisas de criança, claro.
Brevemente empresto-te um dos meus livros preferidos "O meu pé de laranja lima". Tenho a certeza que vais adorar!
Ah, e não acredito que o entusiasmo pelo "Migalhães" te faça perder o gosto pela leitura. São gostos diferentes que se podem conjugar na perfeição!

Bjokas grandes para ti maninho

girassol disse...

Ora minha menina... "O meu pé de laranja lima"!!!... Sabes que é um dos livros de que sempre tenho boas lembranças. Foi um dos primeiros que li e sabes o quanto fiquei feliz por encontrá-lo quando andava a ver de livros para ti. O nosso menino também vai gostar concerteza. É bom saber que continua a ser um dos teus livros preferidos.
E... eu ainda posso continuar a ser a tua "Godóia"?... :)

Bjokinhas da mamãe
O marsu vem aqui conversar contigo amanhã. Agora já tá na caminha dormindo.

Laura disse...

Nino e ninas, o meu pé de laranja lima, do jorge amado, foi-me oferecido pelo meu pai em Luanda, e era mais um dos que foram na enchente...capaa zul e atrás tinha escrito algo que já nem recordo, ams me lembro do zézé, do mangaratiba (o trem) do amor que ele tinha pelas irmãs, da pobreza que era tanta...seu claudionor que trazia letras de canções e estava apaixonado por uma das manas, enfim...Ainda me lmebro de bons pedaços e isso foi há mais de 40 anos, minha memória nem é assim tão má... Beijinhos pa ti ó patixa. para o nosso Joãozinho e para a mãe dos dois a querida besuguinha!...

girassol disse...

José Mauro de Vasconcelos, Laurinha. E foi um dos livros mais bonitos que já li.
Sabes que os livros ensinam-nos muito muito mas nem sempre os "grandes livros" nos ensinam os sentires mais bonitos. Eu era menina quando li este e falei sempre nele e fiquei encantada quando procurei para a Patrícia e encontrei. Ela gostou da forma que ela própria descreveu. Na altura ela dizia que eu era a Godóia.
Ao longo da minha vida li mais uns quantos assim também bonitos. "António dos olhos tristes" do Eduardo Olimpo é um livro de uma beleza incrível que me faz tanto bem ler de vez em quando. Hei-de mandar-te um.
Há livros que nos marcam e, a mim, como digo, nem sempre são os grandes livros que me deixam a mais bonita "marca". Importa-me porque eu gosto de "marcas" bonitas.

Beijinho Laurinha aqui do espaço do meu marsu

Laura disse...

José Mauro de vasconcelos... isso mesmo e a gódóia era um amor de mana para o seu zézé...tão lindo e o portuga amigo dele, mas que belezinha..enfim, tempos passados outras lembranças...
Beijinhos que amanhã é sábado e pode-se ficar mais um caidnho na caminha a ler..é Joãozito? laura..

Patixa disse...

Passei só para deixar uma bjoka grande para ti maninho! E um xi muito muito apertado!! ;)

Laura disse...

Eu sei que a trabalheira por aí agora é muita...tu tens de estudar, os exames aproximam-se...fazes exames de avaliação? provas escritas? depois diz algo, agora sei que a correria e o trabalho por ai são em larga escala. Um abracinho e o nosso beijinho godo, de sempre..laura.

Laura disse...

Bem se vê que andam todos embrenhados nas suas leituras e que fazeres!...
Mas que bom. Gent eocupada é outra coisa... e tu, agarra-te aos livros da escola que os tempos de passar estão à porta...Beijinhos da ti laura.

Marsupilando disse...

Laurinha

O meu galo cristovão continua na capoeira sim senhora a comandar as galinhas todas e os outros galos que são mais dois. Agora temos é muitos ovinhos que as galinhas põem todos os dias. Tens que vir cá que levas ovinhos para fazeres um bolo.
Eu faço umas provas no final do ano mas não é bem um exame. Mas mesmo que fosse não fazia mal que eu estou preparado.

Muitos beijinhos godos nossos tia Laurinha

Marsupilando disse...

Mana Patixa

Olha que esse livro podias era trazer para mim de prenda da páscoa. Mas tens que trazer também o ovo grande.
A mami já me tinha contado que tu fazias isso que parecia que estavas a ler a sério. A mami compra muitos livros e fala-me deles para me ajudar e depois eu quero lê-los.

Muitos beijinhos godos e miminhos para ti. Todos os miminhos que houver no mundo do teu maninho.

Angel of Light disse...

Olá querido sobrinho!

Vim deixar-te uma mão cheia de luzinhas de cada uma das cores do arco-íris! Apanhei-as só para ti... mesmo no centro do céu...

Beijinhos de Amor e Luz!

Laura disse...

Olha a tia Ritinha por aqui, mas que maravilha... Ela sim, ela tem os Anjinhos amigos dela que lhe dão luzinhas para nos enviar, de longe, e fazem-nos tão bem ao coraçãozinho...ela tem cá 3 rapazes que conheço por fotos, mas que lindos e bons meninos, acredito que um dia ainda nos vamos conhecer todos...já faltou mais.
Que bom que estás preparado para todas as provas...É assim mesmo, ora toca a estudar que é bom sabermos mais e mais!...
Ah, as galinhas e os ovinhos, a minha mãe costuma dar-me boas dúzias deles, são tão bons...
Beijinhos a ti meu janita querido, adoro-te...e a uma certa nina girassol também...
titia laura..